Bolsonaro anuncia: “Não teremos mais reunião de ministro”

[Foto: Arquivo / Marcos Corrêa / PR]

Nesta quarta-feira (13/05), em conversa com jornalistas na entrada do Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro anunciou a decisão de não ter mais reunião de ministros.

A declaração ocorreu quando respondia a pergunta sobre o video da gravação da reunião ministerial que integra a investigação das denúncias de Sergio Moro contra o presidente.

Jair Bolsonaro afirmou: “Eu decidi: Não teremos mais reunião de ministro. Vou ter uma vez por mês uma reunião de ministro de manhã, Bandeira Nacional, um café e liberados. O resto vou tratar individualmente com cada ministro pra evitar esse tipo de problema”.

Ainda buscando esclarecer melhor como serão os futuros encontros com ministros, Bolsonaro complementou: “Vai ser um café da manhã, de 8 as 9 da manhã. Bandeira Nacional. Café… As 9:00, 09:30 da manhã o pessoal vai embora. Bater um papo… Um olhar pra cara do outro… trocar uma ideia… Tá ok?… E individualmente tratar um assunto ou outro… Mas uma reunião mais de uma confraternização mensal de todos os ministros… 1 hora e meia no máximo”.

O presidente também explicou que poderia ter destruído o video, já que não existe obrigatoriedade de gravar e manter video de reuniões ministeriais. Mas decidiu não destruir diante das acusações de Moro, para não alegarem que tentou esconder algo. Segundo afirmou, é normal que sejam destruídos os videos após aproveitarem algumas imagens apenas.