Decisão de Crivella impulsiona vendas e livro esgota na Bienal

A decisão do Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, pode ser a razão do sucesso de vendas de um livro considerado impróprio por ele.

O livro “Vingadores, a cruzada das crianças” teve seu recolhimento determinado à organização da XIX Bienal Internacional do Livro pelo livro ter a ilustração de um beijo entre dois personagens do sexo masculino. Apesar de não ter nudez ou cenas mais fortes, o livro foi considerado impróprio.

Segundo Crivella, livro como este (com ilustração de beijo entre pessoas do mesmo sexo, em seu interior) deve “estar em um plástico preto, lacrado, avisando o conteúdo”.

Agentes da Prefeitura estiveram no evento para recolher os exemplares do citado livro, mas já haviam esgotado.

A Bienal do Rio, que conta com três painéis para debater a literatura Trans e LGBTQA+ em sua programação e também tem stands de editoras do segmento gospel, afirma que “todos são bem-vindos e estão representados”.

Confira abaixo o video do Prefeito Marcelo Crivella sobre o assunto, em seu perfil de rede social: