Em resposta à Crivella, livros LGBT serão distribuídos de graça na Bienal

#BienalRio2019

[Foto: Richard Souza / AN]

Felipe Neto anunciou em suas redes sociais a compra de mais de 14 mil exemplares de livros com a temática LGBT que serão distribuídos gratuitamente neste sábado (07/09), na praça central da XIX Bienal Internacional do Livro (em caso de chuva, a distribuição poderá ser transferida para o Palco Maracanã do evento). Os livros serão distribuídos embalados em saco plástico preto com a seguinte advertência: “Este livro é impróprio para pessoas atrasadas, retrógradas e preconceituosas”.

Confira abaixo o video com o anúncio desta ação:

A ação é uma resposta à tentativa de censura ontem, sexta-feira, de um livro de quadrinhos que continha uma ilustração de beijo entre dois personagens do mesmo sexo. Apesar de não existir sequer nudez, o livro foi definido como pornográfico pelo Prefeito Marcelo Crivella, que determinou o recolhimento de todos os exemplares do referido livro, o que não ocorreu porque o livro teve suas vendas impulsionadas pela ameaça de censura e esgotou antes da chegada dos agentes da Prefeitura do Rio de Janeiro que fariam o recolhimento.

A Companhia das Letras anunciou em sua conta no Twitter a compra de todos os livros da temática LGBT por Felipe Neto, confirmando o anúncio da distribuição gratuita. Confira abaixo a publicação:

Juristas e a OAB criticaram a tentativa do Prefeito de confiscar os livros. A organização do evento entrou na justiça e já ganhou liminar que impede que a Prefeitura apreenda livros, caso ainda encontre algum exemplar, e também impede que o alvará do evento seja cassado (punição que chegou a ser anunciada como possível).