Felipe Neto publicou que Carlos provou ligação no dia do assassinato de Marielle, mas excluiu e fez nova publicação em sentido oposto

Jair Bolsonaro

[Foto: Richard Souza/Arquivo/AN]

Felipe Neto publicou em sua conta do Twitter imagem que insinua comprovar ligação da portaria para a casa de Bolsonaro no dia do assassinato da vereadora Marielle Franco e seu motorista.

Segundo a publicação, a imagem teria sido divulgada pelo vereador Carlos Bolsonaro para comprovar que não havia ocorrido tal ligação, mas comprovaria justamente o oposto.

Publicação original, citada nesta matéria.

Atualização às 15:08:

Felipe Neto excluiu a publicação original, citada nesta matéria, e fez nova publicação sobre o tema, em aparente sentido oposto ao da publicação removida, na qual critica apenas o acesso de Carlos Bolsonaro ao material exposto e não mais afirma que ao tentar provar que não houve ligação o vereador estaria “provando exatamente o contrário)”. Afirma agora que, caso reais, os áudios “são boas provas contra o depoimento do porteiro”.