Greve dos rodoviários não aparenta afetar significativamente a rotina da cidade.

A greve dos rodoviários em Araruama contou com pequena mobilização de manifestantes, que se concentraram em frente à sede da Prefeitura. Com carro de som do sindicato da categoria obstruindo um dos sentidos da Av. Presidente John Kennedy, o trânsito foi parcialmente desviado, sem maiores transtornos.

Apesar da interdição parcial da pista, apenas o carro do sindicato ocupava o espaço. Algumas pessoas, aparentemente ligadas à greve, ocupavam pequena parte da calçada e alguns seguravam faixas.

Talvez pela precariedade dos serviços de ônibus no município (os usuários do serviço frequentemente reclamam, inclusive em redes sociais, da falta de qualidade, ausência de regularidade e da baixa frequência com a qual ônibus passam pelos pontos), a greve não aparentava ter alterado muito a rotina dos munícipes, acostumados a ter que recorrer a outros meios de transporte.

Escolas aparentavam funcionamento normal, como registramos na Escola Municipal João Brito de Souza, nesta manhã, com grande número de alunos presentes na atividade prevista para o dia (foto ao lado).

O fluxo de alunos também parecia sem alteração nas demais escolas pelas quais passamos.

Serviços de saúde não registraram qualquer alteração ou situação atípica, que tenhamos conhecimento.