Nota do Ministério da Justiça sobre ameaças à Jean Wyllys

O Ministério da Justiça divulgou uma nota nesse sabado (26) onde lamenta a decisão do deputado Federal Jean Wyllys de abandonar o País.
A nota informa que ao longo de 2017 e 2018 a Policia Federal instaurou inqueritos afim de apurar as ameaças e ofensas contra o Parlamentar e que as investigações estão em andamento.

A nota diz que um dos autores da ameaça foi identificado e preso em 2018 por fazer ameaças ao deputado.

O Ministério disse ainda que repudia a conduta dos que se utilizam do anonimato da internet para ameaçar qualquer pessoa.
Para a pasta, as afirmações de que há omissão das autoridades constituídas não corresponde a realidade.

O Deputado Federal Jean Wyllyys divulgou em uma rede social em 24 de janeiro de 2019 que desistiu do mandato de parlamentar por estar sofrendo ameaças, mas não chegou a se aprofundar na acusação.

Com a saída de Jean Willys quem assume a cadeira de Deputado Federal é David Miranda, vereador da cidade do Rio de Janeiro e que se tornou o primeiro suplente da coligação “Mudar é possível”,composta pelo PSOL E PCB. Ele recebeu 17.356 votos.