Poesia: Aos diferentes pais de igualmente amados filhos

Há muitos tipos de pai.

Por exemplo, pai surfista

Da prancha ele jamais cai;

Nas ondas é um artista.

Há pai gari; tão querido!

Um guerreiro da limpeza.

Deve ser reconhecido.

É um herói, com certeza.

Há o pai executivo,

Com sua pasta elegante.

Prá sorrir quer um motivo:

Ver seu filho radiante.

Existe pai enfermeiro,

Prá saúde resguardar.

Firme, socorre ligeiro

A quem dele precisar.

Marceneiro, motorista,

Operário, pai cantor;

Bancário, fono, dentista,

E também pai professor.

Pais com outras profissões

Que deixei de mencionar.

Mas, em nossos corações,

Para todos há lugar.

São todos tão diferentes!…

Mas, no fundo, bem iguais:

Querem ver suas sementes,

Os seus filhos, nossa gente,

Felizes e… nada mais.

Que Deus cubra de alegria,

De saúde, força e paz,

A todo pai, nesse dia,

Como só ELE é capaz.

Angela Oliveira