Prefeito do Rio de Janeiro sujeito à multa

Marcelo Crivella

O Prefeito do Rio, Marcelo Crivella, está sujeito à multa de cinquenta mil reais pela realização da chamada “reunião secreta”, destinada a um determinado público evangélico. Tal evento foi exposto após divulgação de áudio e vídeo.

Trata-se da comentadíssima reunião onde fica registrada a orientação do prefeito para que aqueles participantes do grupo convidado para o encontro procurassem a Márcia, sua assessora, para conseguir cirurgias nos hospitais da rede municipal do Rio de Janeiro.

O valor da multa somente deverá ser cobrado caso o prefeito deixe de cumprir as regras de condutas que lhe foram endereçadas e que proíbem, por exemplo, práticas similares à mencionada reunião.