Rodrigo Maia eleito Presidente da Câmara

Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

O Deputado Federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito para seu terceiro mandato de Presidente da Câmara dos Deputados, obtendo o total de 334 votos em votação secreta, prevista no Regimento Interno da Casa.

Maia que está em seu sexto mandato consecutivo com Deputado Federal, conseguiu articular o apoio de diversos partidos para sua candidatura, inclusive o PSL do Presidente Jair Bolsonaro.

Ele terá ao seu lado na mesa diretora da Câmara, o Deputado Marcos Pereira (PRB-SP) como seu 1º vice-presidente, tendo papel de substitui-lo em caso de afastamento. O cargo de 2º vice presidente foi ocupado pelo deputado Luciano Bivar (PSL-PE) que terá a responsabilidade de analisar os pedidos de despesa médica e também ampliar a interação entre a Câmara e órgãos legislativos.

As secretarias serão preenchidas pela Deputada Soraya Santos (PR-RJ), o Deputado Mário Hering (PDT-MG), o Deputado Fábio Faria (PSD-RN) e o Deputado André Fufuca (PP-MA). Também foram eleitos os suplentes, Rafael Motta (PSB-RN), Geovania de Sá (PSDB-SC), Isnaldo Bulhões Jr. (MDB-AL) e Assis Carvalho (PT-PI)

O Presidente se emocionou e defendeu uma reforma afim de diminuir os gastos do Estado Brasileiro. Ele disse ainda: “Nós teremos muitos desafios. A Câmara precisa de modernização na relação com a sociedade, nos nossos instrumentos de trabalho, para que a gente possa ficar mais perto dos cidadãos. Precisamos modernizar as nossas leis, simplificá-las, e fazer as reformas de maneira pactuada”.

A mesa diretora comandará as ações da casa pelo biênio de 2019-2020. A eleição foi disputada por mais 6 parlamentares com candidaturas avulsas, são eles: Marcelo Freixo (PSOL-RJ) que obteve 50 votos, Fábio Ramalho (MDB-MG) com 66 votos, JHC (PSB-AL) com 30 votos, Ricardo Barros (PP-PR) conseguindo 4 votos, Marcel Van Hattem (Novo-RS), com 23 votos e General Peternelli (PSL-SP) que somou 2 votos.