Senado aprova, com alterações, PL que prevê indenização para profissionais de saúde

[Foto: Richard Souza / AN]

O Senado Federal aprovou o Projeto de Lei 1.826 de 2020, que prevê uma indenização no valor de R$ 50 mil, a ser paga pela União, aos profissionais de saúde que se tornarem permanentemente incapacitados ou que venham a falecer por causa de atividades ligadas ao combate à COVID-19.

Em caso de óbito, o valor da indenização será pago aos dependentes do profissional de saúde vitimado pela doença.

Os senadores Otto Alencar (PSD-BA), Eliziane Gama (Cidadania-MA) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG) reconheceram o trabalho dedicado de médicos, enfermeiros e demais profissionais envolvidos no combate ao coronavírus e defenderam a aprovação da proposta.

Por ter sofrido alterações no Senado, o projeto retorna para nova votação na Câmara.

Fonte: Agência Senado