“Não compre essa porcaria”, publicou Moro.