Testes de vacina americana para COVID-19 tiveram resultado positivo

Coronavírus - COVID-19. Foto: Alissa Eckert, MS, Dan Higgins, MAM

Primeiros testes em humanos de uma vacina para a COVID-19 tiveram resultado positivo. A informação é de uma empresa localizada em Massachusetts,nos Estados Unidos, responsável pelo desenvolvimento do produto.

Segundo publicações, a Biotecnologia Moderna afirmou que a vacina desenvolvida pela empresa foi testada em oito pessoas acompanhadas pelo período de um mês e meio e que elas apresentaram níveis sanguíneos de anticorpos que são semelhantes aos que se observam nos desenvolvidos por pacientes já recuperados da doença. No entanto, de acordo com a publicação na manhã desta segunda-feira (18), no Jornal Americano ” The Washington Post”, o resultados dos testes sugerem, mas não provam que a vacina desencadeia algum nível de imunidade.

A empresa esta planejando para o mês de julho deste ano, a realização de um grande ensaio clínico com o objetivo de descobrir a eficiência da vacina no combate à COVID-19.

O composto da vacina foi testado também em ratos que foram vacinados e expostos ao vírus e não desenvolveram a doença.

A vacina da empresa americana usa RNA, um material genético mensageiro que codifica a proteina que prega a parte externa do novo coronavírus. Com a vacina, o RNA mensageiro é entregue a célula que segue instruções genéticas e permite que o corpo humano aprenda a reconhecer e neutralizar o patógeno.

Ainda de acordo com o jornal americano, o plasma sanguíneo de pacientes recuperados da doença, esta sendo testado separadamente com o objetivo de determinar se poderá ser uma terapia eficaz ou uma medida preventiva no combate à COVID-19.

*Com informações do The Washington Post